Site em Manutenção!


    Criando Quest Bakanas

    Compartilhe
    avatar
    Jamerson Andre
    Admin
    Admin

    Mensagens : 442
    ZXG Coins : 3009
    Data de inscrição : 13/12/2011
    Idade : 20
    Localização : Maceio -Al


    Alerta:
    99/100  (99/100)

    Criando Quest Bakanas

    Mensagem por Jamerson Andre em Ter Dez 20, 2011 2:31 pm

    BY DIOGO

    Vejo muitas pessoas que criam quests toscas do tipo "puxe a alavanca, mate o monstro e pegue o prêmio".

    Sim, é uma quest melhor que "caia no buraco, mate tudo e pegue o prêmio", mas conceitualmente não tem diferença nenhuma.

    Vejo também dezenas de pessoas clamarem pelo "RPG no OTServ", mas nem elas mesmas sabem o que diabos é esse RPG.

    Então que tal eu dar essas dicas aqui?

    Vou me basear em quests de Diablo II e jogos como Rohan Online / WoW, então são coisas óbvias, mas que passam despercebidas na criação de muitas quests de OTServ.

    Sem mais delongas...


    Usando aquela coisa legal chamada criatividade...

    Criatividade é o ato de criar.

    O ato de criar é colocar uma idéia inovadora em prática.

    Inovar é fazer o que não é habitual/comum.

    Ok, e pra que serve essas definições idiotas?

    Simples: se ser criativo é fazer algo que não é comum, vamos jogar quests de "mate e ganhe" no lixo e inovar!

    Em um RPG, o personagem vive em um contexto, não em um jogo.

    Ele tem um mundo próprio, com construções com as quais ele interage,
    personagem com os quais interage... Enfim, um ambiente próprio daquele
    mundo.

    Se é um mundo com monstros que são inimigos dos humanos, então obviamente seu personagem terá que matar monstros.

    Mas monstros são obrigatoriamente burros? Acho que não.

    Se eles são espertos o suficiente para se organizarem em uma raid, por que não seriam para roubar um item da família real que dá poder a eles e esconder esse item em uma fortaleza?

    Se hunters são espertos o suficiente para
    usar arco-e-flecha, por que não podem preparar traps se escondendo atrás
    de muros onde apenas ataques distantes os atingiriam? (Demons da anihilator seguiam essa lógica)

    E ainda usar de táticas de caça para levar um monstro forte o suficiente
    para ficar próximo do invasor, de forma que ele esteja tão preocupado
    para se defender que não possa sequer pensar em atacar os próprios hunters?

    Ou além disso, se eles possuem ouro em seu corpo, como o obteram? Talvez
    controlando um depósito de ouro que há tempos era dos humanos?

    Indo ainda mais além, por que eles não podem ter uma cidade própria, subterrânea e oculta?

    Por que não podem ser organizados o bastante para seguirem um caminho de destruição e dominação?

    Por que? Por que? Por que?

    Não se limitem ao que já viram. Por mais idiota que possa parecer, use o incomum.



    Transformando criatividade em algo útil

    Depois de ter suas idéias, é hora de trabalhá-las. Você tem o diamante
    bruto, mas precisa poli-lo para ficar algo chamativo e cobiçado.

    Uma coisa estúpida a se fazer é colocar quests sem motivo.

    Uma alavanca no meio do nada, um monstro qualquer saindo dela e um prêmio nada a ver.

    Para cada quest, deve haver uma história que a ambiente.

    Para cada quest, faça com que tenha um NPC que leve a ela ou dê pistas.

    Para cada quest, deve haver um local que condiza.

    Para cada quest, deve haver um prêmio que condiza.

    Pessoas podem até tropeçar em quests, mas ainda assim a quest tem que possuir todas as características acima.

    Talvez a do NPC possa ser suprimida, mas quando possível deve ser utilizada.

    Tá, já sabemos como ambientar uma quest, já tô pronto?

    Nananinanão.



    Criando correntes de quests

    Quote
    "Oi colega, preciso de dez penas de galinha pra fazer canetas, me arruma?"

    "Hmm... Muito bom! Se precisar de empregos volte a mim."

    "Olá cara das galinhas, hoje preciso de cinco flores roxas para fazer uma tiara."

    "Legal! Sabe que precisando de emprego é só voltar."

    "Você é bom em achar coisas, que tal conseguir dez capacetes de orcs e uma safira?"


    .
    Opa! Tem um NPC que tem uma quest de safira!
    .


    "Opa! Quer uma safira? Basta matar vinte rotworms e voltar aqui!"

    "Muito bom! Se algum dia conseguir uma poção da invisiblidade, volte aqui e te pagarei bem."


    .
    Catei a safira e catei os capacetes com os orcs.
    .


    "Você conseguiu mesmo! Vou te dar essa poção rara!"


    .
    Opa! Dimdim!
    .


    "Uma poção da invisibilidade! Tome sua recompensa e se precisar de trabalho volte aqui."

    "Se você consegue poções de invisibilidade, imagino que tipo de monstros consegue matar, então temos negócios a tratar!
    Há muito, muito tempo, eu trabalhava com uma caravana que ia de Venore a Carlin.
    Mas elas passaram a serem alvos constantes de ataques de legiões de orcs riders!
    Eu ignorei, o que me custou muito caro: na minha última caravana, perdi o meu anel de casamento!
    Se minha esposa descobrir, estou frito. Pode cuidar disso para mim?"

    "Uau! Você conseguiu mesmo! Tome sua recompensa. Tenho mais alguns trabalhos, se quiser."


    .
    Hmm... Não tinha aquele NPC que dizia que queria um forte guerreiro, mas me chamava de zé-ninguém quando eu falava com ele?
    .


    "Guerreiro VaL! Houvi falar de suas conquistas! Invadir o esconderijo de Orcs Riders não é para qualquer um...
    Deixe me apresentar. Sou Honus, filho de Hermes, terceiro no trono e segundo em comando da guarda real.
    Há alguns meses tenho percebido uma atividade estranha por partes das
    aranhas ao sul da cidade. Elas sempre foram desorganizadas, não havia
    nenhum comando. Mas acho que surgiu uma nova mãe entre elas, e essa mãe é
    grande.
    Mandei há duas semanas um grupo de três guerreiros para investigar, mas
    apenas um retornou... E tinha tanto veneno em suas veias que sequer
    conseguia se comunicar, e morreu poucos dias depois.
    Sei que é loucura, mas pode investigar para mim? Se achar uma nova mãe no ninho, cuide dela."

    "Você conseguiu mesmo! Estou impressionado! Tome essa recompensa.
    Vou falar um pouco melhor sobre meu trabalho como segundo em comando da guarda real.
    Eu cuido de investigar atividades incomuns das criaturas perto da cidade.
    Tenho visto atividade estranha no cemitério e estava a ponto de mandar
    uma equipe para investigar, mas que tal você cuidar disso para mim?
    Sugiro levar companheiros..."

    "Você retornou mesmo vivo! Devo admitir que não acreditei nisso.
    Sim, eu sabia que aquele faraó morto-vivo estava lá, mas não fique bravo comigo... Eu estava te testando.
    O chefe da guarda real te espera. Parece que os monstros estão com
    atividades estranhas em algum lugar distante, e Venore está juntando
    forças com Thais para investigar."


    .
    Vou até o chefe da guarda real.
    .


    "Corajoso VaL! Que bom que atendeu ao meu chamado.
    Vá até Thais e fale com o chefe da guarda real de lá, ele te dará maiores informações.
    Mas antes fale com meu subordinado à oeste da ponte te Thais, ele te
    dará o selo real de Thais para que você consiga passar pelos guardas.
    Cuidado! Não te darei outro selo real, se perder nunca mais irei te procurar."


    .
    Encontro o subordinado em uma construção abandonada,
    falo com ele, pego o selo e... Evento! Isso ativa um ataque massivo de
    Hunters!
    Mas consigo chegar até o chefe da guarda de Thais.

    .


    "Hmm... Vejo que sobreviveu pelo teste dos hunters... Espero que tenha matado a todos.
    Veja que absurdo: Dragões estão atacando nosso posto avançado no sul!
    Mate todos eles! Inclusive aquele maldito Dragon Lord!
    Depois disso falaremos sobre a cidade dos monstros.
    Ah! E já falei com os guardas, eles vão te deixar passar livremente agora."




    Chega.


    Acho que entenderam o espírito, certo?

    Uma coisa leva a outra, e só é possível fazer uma quest se tiver feito a antecessora.

    E como os prêmios compensam...

    Vejam como começa com coisas fáceis, de forma que o jogador possa ir fazendo novas quests enquanto vai se fortalecendo no jogo.

    Claro, é apenas um exemplo, mas depois de uma cidade dos monstros
    poderiam descobrir que era apenas uma vila, que tinha todo um mundo
    subterrâneo usado pelos monstros, que eles estavam planejando um ataque
    em massa, etc etc etc.

    Resumindo: Uma coisa leva a outra... Mas com lógica e imaginação.



    Conclusão

    Crie uma verdadeira história, não simples quests sem conexão.

    Faça com que o jogador do seu servidor tenha um objetivo final, não apenas matar monstros para ficar forte.

    Inove em suas quests!

    ---

    E é isso galera.

    Espero que tenham gostado.

    Críticas e sugestões são bem vindas.
    avatar
    Administrador
    Admin
    Admin

    Mensagens : 381
    ZXG Coins : 2763
    Data de inscrição : 11/02/2012
    Idade : 19
    Localização : Bom Jesus do Itabapoana

    Re: Criando Quest Bakanas

    Mensagem por Administrador em Qua Fev 22, 2012 3:37 am

    Belo Tutorial mano!
    parabéns!

    Atenciosamente,
    Equipe ZonaXGames.


    __________________


    Atenciosamente,

    Equipe ZonaXGames.

      Data/hora atual: Seg Jul 16, 2018 6:28 am